PUBLICAÇÕES APCE Informa 12 Agosto 2008
12 Agosto 2008 PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

 

Terça-Feira, 12 de Agosto de 2008

APCE Karting Galp Energia


Em parceria com o associado Galp Energia a APCE vai proporcionar-lhe um momento único de networking: o “APCE Karting Cup Galp Energia”.

A prova decorrerá na manhã do dia 27 de Setembro, no Kartódromo do Carregado (Campera), sendo composta por 30 minutos de treino e duas horas de corrida.
Organize a equipa (3 a 5 pilotos) na sua empresa, prepare a estratégia e venha divertir-se connosco!

Brevemente daremos mais informações sobre a prova e respectivas inscrições.

Reserve já este dia na sua agenda:

Kartódromo do Carregado, sábado 27 de Setembro

MOMENTO DE EXCELÊNCIA NA FUNDAÇÃO DAS COMUNICAÇÕES
Visita ao Grupo CTT revela plataforma multisserviços em rápida mudança

A visita que a APCE promoveu, dia 10 de Julho, ao seu associado histórico CTT e à Fundação Portuguesa das Comunicações resultou num momento de excelência: um fim de tarde particularmente enriquecedor, pelo diálogo, pelo contacto com a evolução histórica e científica das tecnologias das Comunicações e pelo convívio, a merecer elogio unânime.

 


O numeroso grupo de associados da APCE que participou na visita de trabalho aos CTT e à Fundação Portuguesa das Comunicações dificilmente poderia ambicionar mais. O encontro, cuidado ao pormenor pelos nossos anfitriões, facilitou informação e diálogo franco entre pares, revelou o valioso património museológico da FPC e proporcionou um pôr de sol poético, entre amigos, a suavizar a dureza das jornadas de trabalho.

A equipa de Comunicação Institucional do Grupo CTT, liderada por Luís Andrade, acolheu-nos no espaço da Fundação, na Rua do Instituto Industrial (a Santos, em Lisboa), e deu-nos a conhecer alguns desafios, que defronta no cumprimento da missão que lhe está cometida nos CTT - Correios de Portugal.

 


Luís Andrade, um profundo conhecedor dos CTT - organização que soma quase 500 anos (a criação do Correio Público em Portugal, pelo Rei D. Manuel I, data de 1520, ano em que Luís Homem foi nomeado para o cargo de Correio-Mor) -, havia de referir os ciclos de mudança, mas sobretudo a velocidade a que essa mudança se processa nos nossos dias, o que obriga a guardar os valores essenciais da memória da empresa, ao mesmo tempo a que esta tem de conquistar novos mercados.

Com efeito, os CTT são “uma poderosa plataforma multisserviços”, como sublinhou Luís Andrade, e evoluem para uma nova cadeia de valor, em que figuram não só os serviços actualmente prestados, como também serviços associados às novas tecnologias de comunicação.

 


Os desafios para os comunicadores assumem, assim, grande dimensão, até pelos volumes envolvidos: os CTT empregam cerca de 14 mil colaboradores, distribuídos por grandes centros de tratamento e bem assim por milhares de postos e estações. O que mais valoriza o papel quer da comunicação online, dirigida a 3900 pessoas, quer da revista mensal “Aposta” – o centro das atenções dos nossos colegas Maria Teresa Correia e Bruno Vilão, entre numerosa equipa -, que, com os seus 36 500 exemplares, constitui uma das publicações de empresa de maior circulação no País.

Por todos estes motivos, o Director de Comunicação dos CTT elege, na actualidade, a avaliação da eficácia dos processos de comunicação do Grupo como “o maior desafio”.

 


Com a amável colaboração de Isabel Santiago, os participantes na visita partiram, depois, à descoberta do Museu das Comunicações. E foi com evidente curiosidade, aguçada pelas explicações de Teresa Beirão, que descobrimos o passado das técnicas, meios e suportes das Comunicações: a instituição da Mala-Posta entre Lisboa e Coimbra – 1798; o estabelecimento da telegrafia visual – 1807; o início da distribuição domiciliária de correspondência em Lisboa – 1821; a introdução do selo postal adesivo – 1853; ou a inauguração das redes públicas telefónicas de Lisboa e Porto, cuja exploração foi entregue à “The Edison Gower Bell, Ltd”.

 


Uma viagem interessantíssima pelas exposições permanentes e temporárias (Telecomunicações Militares, desde a Guerra Peninsular até à actualidade) patentes no Museu, uma das valências da Fundação Portuguesa das Comunicações, formalmente constituída em 1997 e que tem por instituidores a ANACOM - Autoridade Nacional de Comunicações, os CTT – Correios de Portugal e a PT – Portugal Telecom.

 


A fechar com chave de ouro, um Porto de Honra servido no espaço dedicado à mostra “Camilo Pessanha: um diálogo entre mundos”, em que a poesia declamada de Pessanha nos transportou ao interior das palavras, das formas e também dos sons – uma experiência que perdura ainda como feliz recordação.

 

Esta foi a terceira visita de trabalho organizada, no decurso do presente mandato, pela Direcção da APCE, que tem procurado “descobrir” realidades empresariais diversificadas: Grupo Sporting, Carris e Grupo CTT (e Fundação Portuguesa das Comunicações). A próxima acção deste tipo será, certamente, dirigida a uma organização industrial e na agenda já está, também, uma visita a efectuar no Norte do País (no âmbito de um programa descentralizado, que envolverá várias iniciativas).

 


Já nos tínhamos despedido, até Setembro… Porém, a nossa vontade de comunicar falou mais alto. Queremos, mesmo, estar sempre perto de si!


Este espaço é dedicado ao noticiário sobre as organizações e o movimento de todos nós, comunicadores. Ligue-se. Partilhe. Faça-nos chegar conteúdos (textos, fotos, sítios web…) de interesse para a generalidade dos associados, através do endereço Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

A presente Newsletter é editada pela APCE. Caso não deseje receber novamente esta Newsletter clique aqui.

  partilhe

Newsletter

Siga-nos

  • Facebook: pages/APCE-Associacao-Portuguesa-de-Comunicacao-de-Empresa/176800437536